Cidade Digital recebe reforço de mais quatro antenas
Expectativa é que até o final de março, todas as 37 antenas estejam instaladas
Secretaria de Imprensa
Para aprimorar o atendimento aos usuários da Cidade Digital, a Prefeitura de São Vicente, por meio da Secretaria de Ciência e Tecnologia (Setec), instalou mais quatro antenas repetidoras de sinal, também conhecidas como hot spots. Cada uma delas pode ser identificada pelo número correspondente que aparece na hora de fazer o login. As antenas foram instaladas nas escolas EMEF Carolina Dantas (Catiapoã); EMEF Armindo Ramos (Samaritá); EMEF Lions Clube (Vila São Jorge) e EMEF Saulo de Tarso (Parque Continental).

Assim, os internautas que moram próximos ao local podem redirecionar as suas antenas receptoras para captar melhor o sinal. Para isso, o munícipe deve adquirir um dispositivo receptor modelo aquários, de 25dBi. Já para acessos em vias públicas, por meio de dispositivos móveis, o usuário deve estar próximo às antenas, que retransmitem o sinal diretamente a estes aparelhos.

Toda a Cidade conta com cobertura de Internet wirelesspara computadores convencionais, notebooks e dispositivos móveis, como celulares. Ao todo, São Vicente já conta com 12 antenas instaladas em unidades administrativas municipais, que distribuem o sinal da internet sem fio para bairros da Área Continental e Insular.

Atualmente são 18.766 pessoas cadastradas na Cidade Digital. Segundo o secretário de Ciência e Tecnologia, Carlos Alberto Santiago, a proposta do Projeto Cidade Digital é instalar 37 antenas. “Com o ritmo de instalações, a expectativa é que até o final de março todas as antenas estejam instaladas, proporcionando uma maior cobertura do sinal”.

Cidade Digital – O Projeto Cidade Digital foi lançado em junho de 2010, e é uma parceria entre a Prefeitura de São Vicente, por meio da Secretaria de Ciência e Tecnologia, e o Ministério da Ciência e Tecnologia, com verba proveniente de emenda do deputado federal Márcio França (PSB). A iniciativa consiste na instalação de uma torre-base, que transmite para pontos na Área Continental e Insular, onde o sinal gratuito de internet cobre todos os bairros vicentinos.

O projeto ainda conta com a instalação de lousas digitais nos Centros Educacionais e Recreativos (CER) e nas Escolas Municipais, além da criação 36 unidades do Centro de Acesso à Tecnologia para Inclusão Social (CATIS), que são utilizados como uma lan house gratuita à população e centro de capacitação digital. O usuário pode usufruir ainda de equipamentos de apoio, como data show e impressora.

Confira os números das antenas instaladas:

EMEF Carolina Dantas – antena número 32
EMEF Armindo Ramos – antena número 33
EMEF Lions Clube – antena número 34
EMEF Saulo de Tarso – antena número 35
 
Altere seus dados
Altere sua senha
Esqueci a minha senha
Faça o seu Cadastro